Resenha: Procura-se Um Marido - Por Meise Renata

19/11/13
“Você precisa é de um bom homem ao seu lado. Alguém que lhe mostre o verdadeiro sentido da vida. Precisa de um marido.”


Título: Procura-se Um Marido 

Autora: Carina Rissi
Editora: Verus (Record) 
Páginas: 474 


   Alicia é uma mulher de 24 anos que mais parece uma adolescente; também pudera, fora criada pelo seu avô cuja fortuna era incalculável e sempre a mimou. Ela perdeu os pais quando criança, portanto tudo que tinha na vida era seu avô. No entanto, quando vô Narciso morre, Alicia se vê desamparada e mal sabe que tudo na sua vida mudará completamente.

   Para começar, ela descobre que precisa estar casada por pelo menos um ano para ter direito à herança de seu avô.





“Se vou ter que me casar pra ter direito à herança do meu avô, pode esquecer. A União pode ficar com tudo. Não tenho namorado, não acredito na instituição do casamento, não vou me casar só porque meu avô quer.”

   Alicia encontra-se num impasse: ao mesmo tempo que precisa trabalhar (seu avô lhe deixara um emprego vitalício na empresa que era dono, a L&L Cosméticos), não quer; mas ela mal sabe que não tem escolha.
   A saída que ela encontra é colocar um anúncio no jornal dizendo que está procurando – alugando –um marido por um ano. E é a partir desse anúncio que ela conhece Max, seu futuro marido.

   O desenrolar da trama é envolvente: você quer saber loucamente o que vai acontecer com Max e Alicia e por isso devora as páginas com rapidez. No entanto, minhas primeiras impressões sobre Alicia foram repugnantes, mas comecei a adorá-la depois de uma parte.

   É válido lembrar que “Procura-se um Marido” é um ChickLit nacional, da Carina Rissi e embora eu não leia muito esse gênero, me apaixonei por Max e Alicia (olha, se Max for da maneira como eu imaginei e da maneira como Carina detalhou, meu Deus , que Maximus! Haha).

   O que podemos perceber durante a leitura é a mudança na personagem principal, visto que Alicia passa de odiada para amada, porque ela aprende a viver, ela tinha tudo: dinheiro, carro, cartão de crédito... Porém na verdade não tinha nada. Quando tudo isso “acabou”, ela teve que aprender a viver com o que havia restado.

   A amizade entre Alicia e sua melhor amiga, Mariana, é linda! Mas o mais lindo é o que acontece entre Max e Alicia – mesmo todos sabendo o que geralmente acontece nos livros de romance... Enfim, né?
 
Adorei o livro e recomendo a leitura, principalmente se você ama chicklits!

Quote:

“Max era uma incógnita para mim. Às vezes, como naquele momento, me tocava sem que eu precisasse recorrer a subterfúgios. Em outras, dava mais trabalho que cabelo alisado com chapinha em dia de chuva.”


Esta Postagem é de Meise Renata, que escreve para o Blog: 




0 comentários: